Formação de multiplicadores

A arte de transmitir conhecimentos – COM EFICÁCIA – aos colegas de trabalho

Qual a proposta?
A demanda por treinamento é cada vez maior, os assuntos são cada vez mais complexos e por isso muitas vezes é um colega de trabalho a pessoa mais indicada para transmitir seus conhecimentos aos demais membros da equipe.

Só que ensinar, dar aulas, é uma arte muito especial. Não basta apenas conhecer o assunto, é preciso transmiti-lo com didática, organização e metodologia. É preciso saber seduzir o aluno para que ele deseje e, desejando, aprenda! Esta frase de Rubem Alves reflete bastante bem o trabalho de um multiplicador em uma empresa.

Neste workshop você terá uma abordagem completa sobre o assunto, desde os objetivos e valores de um treinamento, passando por seleção de facilitadores e criação de planos de treinamento, até – e muito importante – a formação dos multiplicadores e avaliação dos resultados.

Quem deve participar?
Diretores, gerentes, gestores e todos aqueles que precisam passar seus conhecimentos às demais pessoas da empresa.

Como será?
O treinamento é composto por quatro partes distintas e complementares:

Parte 1: Conceitos
O professor forma os conceitos essenciais para a transmissão de conhecimentos (listados no conteúdo programático mais adiante nesta proposta). Tudo é ilustrado com estudos de casos: treinamentos que funcionam e treinamentos que não funcionam. É aqui que o aluno terá a base para suas novas aulas.

Parte 2: Preparação de treinamentos
Os participantes – em grupos – planejam e desenvolvem um treinamento, sempre com a orientação do professor. Nesta etapa o aluno coloca em prática os conhecimentos adquiridos.

Parte 3: Treinamentos na prática
Esta é uma das partes mais interessantes do evento, a fase de resultados, onde cada grupo aplica o treinamento desenvolvido na parte 2. O professor faz comentários durante e após cada aula. Os demais alunos também opinam. Assim os próximos grupos podem aproveitar os comentários feitos.

Parte 4: Aperfeiçoamento
Para fechar o ciclo, cada grupo aplica novamente seu treinamento, incluindo agora tudo o que aprendeu durante as aulas práticas já realizadas: pontos positivos, pontos a melhorar, comentários dos colegas e orientações do professor.

Turmas
Eventos fechados em sua empresa com turmas de até 20 pessoas.

Qual a duração?
16 horas.

Data e horário
Definidos pelo cliente.

Local
Instalações indicadas pelo cliente.

Infraestrutura oferecida pelo cliente
Projetor multimídia, mesa para o professor, blocos de anotações e cadeiras para os alunos.

Material didático
Todos os participantes recebem CD com:
. Apostila Passo-a-passo com os conceitos abordados
. Apostila Perguntas mais freqüentes feitas nos workshops

Suporte
O professor fica à disposição dos participantes durante 90 dias pós-evento para o esclarecimento de dúvidas via email.

Quem é o apresentador?
Fernando Andrade, palestrante, professor e conferencista, tem como tema principal a utilização eficaz da tecnologia no dia a dia das pessoas. É analista de sistemas pela IBM, engenheiro civil pela Universidade Mackenzie e diretor da Pessoas e Tecnologia. É autor dos livros

  • O Outlook como ferramenta de produtividade
  • E-mail que funciona
  • Gerenciamento de informações eletrônicas
  • Administre seu tempo com Palm
  • PowerPoint para quem conhece PowerPoint
  • Excel para todos
  • Excel para quem conhece Excel
  • Word para quem conhece Word
  • Mala direta no Word
  • E-mail para todos
  • E-mail para quem conhece e-mail

publicados pela editora Nobel, com o apoio da revista Você S.A.

O que será discutido?

A criação de um evento

  • Objetivos
  • Planejamento: as várias etapas do evento
  • A preparação do conteúdo
  • A elaboração de exemplos práticos, de aplicação imediata no dia-a-dia dos profissionais
  • As dinâmicas de apoio
  • Plano de aula
  • O material didático: objetivo, completo e de fácil consulta
  • Slides: quando e como usá-los?

A infraestrutura

  • Equipamentos
  • Material de apoio
  • As diferentes opções de layouts de sala

As habilidades de um facilitador

  • A arte da boa comunicação
  • Postura e atitude
  • Assertividade
  • Didática, clareza e organização
  • Empatia, percepção e flexibilidade
  • Oratória e técnicas de apresentação
  • Feedback: dar e receber
  • O equilíbrio emocional: medo, “brancos”, ansiedade antes e durante um treinamento
  • Como lidar com os imprevistos
  • Administrando turmas: heterogêneas, resistentes, apáticas, eufóricas
  • As perguntas difíceis, as respostas necessárias e os comportamentos indesejados

A aplicação do treinamento

  • Preparando o ambiente: equipamentos, infra-estrutura, layout
  • Avaliando o público: nível de conhecimento, expectativas e motivação
  • Percebendo e quebrando resistências
  • Conciliando expectativas da empresa, do grupo e do facilitador
  • O desenvolvimento dos assuntos planejados
  • A facilidade de compreensão de cada participante
  • Motivação, sensibilização e conquista dos participantes
  • A administração constante do tempo
  • O momento de aplicar dinâmicas que facilitem maior absorção de conceitos
  • Avaliando o aprendizado em tempo real
  • O “jogo de cintura” e a adequação do conteúdo ao público presente

Depois do treinamento

  • A avaliação dos participantes
  • A avaliação do facilitador
  • O trabalho pós-curso, quando necessário
  • O apoio aos participantes e o esclarecimento de dúvidas posteriores